Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Víbora da areia e a Àspide

Segunda-feira, 13.07.20

"A víbora da areia de cor amarelo ocre, com manchas escuras sobre o dorso e duas protuberâncias sobre os olhos que lembravam pequenos chifres, era de aspecto mais maléfico. Igualmente temível era a áspide, capaz de erguer-se do solo com o seu corpo esguio, encarar o adversário e cuspir-lhe o veneno à distância. Ouvira falar também da víbora silvadora, com um metro e setenta de comprimento, corpo robusto que afina rapidamente para terminar numa ponta delgada, o dorso marcado por um mosaico de losangos negros e brancos, que devia o seu nome ao facto de emitir um aviso antes de partir para o ataque."

Thales Ferreira, O Homem que Falava com Deus (pág.52)

Víbora de las arenas

imagem de uma cobra, áspide

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quarto das Maravilhas às 20:03





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.